Em tempos de conteúdo massificado e disputa por quem oferece a melhor opção ao consumidor, trabalhar com Marketing Digital passou a ser desafiador. A inteligência artificial, no entanto, diminuirá a pressão por criação de conteúdo. Segundo Nina Schick, consultora, palestrante e líder de pensamento da IA, a inteligência artificial generativa, como o ChatGPT da OpenAI, poderia renovar completamente a forma como o conteúdo digital é desenvolvido.

A afirmação foi dada em entrevista ao Yahoo Finance Live, quando ela apontou ainda que o mercado pode atingir 90% do conteúdo online gerado por robôs até 2025. Ela analisa a quantidade de ferramentas e aplicativos que estão surgindo buscando absorver essa tarefa de quem cria informação na internet. 

A especialista ainda abordou o fato de haver um aumento do interesse no DALL-E e no ChatGPT da OpenAI, que facilitou uma ampla discussão pública sobre inteligência artificial e seu papel em expansão em nosso mundo, particularmente IA generativa. “O ChatGPT realmente capturou a imaginação do público de uma forma extremamente atraente, mas acho que em alguns meses, o ChatGPT será visto apenas como outra ferramenta alimentada por essa nova forma de IA”, contou na entrevista.

O que é IA generativa 

A inteligência artificial generativa permite criar coisas novas que até agora seriam vistas como exclusivas da inteligência ou criatividade humana. Ela poderá criar em todas as mídias, como texto, vídeo, áudio e imagens, o que fará com que todo meio digital seja alimentado por robôs.

Atualmente a IA generativa está restrita a poucos setores e empresas de fato mais inovadoras. A expectativa é de que nos próximos anos ela alcance mais categorias e pessoas que atuam na internet como criadores de conteúdo. 

Embora seja ainda difícil para o mercado entender até que ponto o ChatGPT seja uma concorrência, há poucas dúvidas sobre as suas possibilidades de mudá-lo radicalmente. Muito se fala sobre o Google perder espaço, mas ele deve apresentar sua própria ferramenta nos próximos meses. 

Enquanto isso, a Microsoft já investiu US$ 1 bilhão na OpenAI, e fala-se em mais investimentos da gigante da tecnologia corporativa, proprietária do mecanismo de busca Bing. A empresa pretende investir outros US$ 10 bilhões na OpenAI.

“O ritmo de aceleração é tão incrível que essas ferramentas – que nos chocam e nos surpreendem no início de 2023 – vão parecer bastante estranhas até o final do ano, porque as capacidades vão aumentar muito poderosamente”, disse Schick.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese