A Apple disse nesta quinta-feira (13) que usará apenas cobalto reciclado em baterias até 2025, como parte de seus esforços para tornar todos os seus produtos neutros em carbono até o final da década.

Os ímãs nos dispositivos da empresa usarão elementos de terras raras reciclados, e as placas de circuito impresso projetadas internamente usarão solda de estanho reciclado e revestimento de ouro, disse a empresa.

A Apple está pressionando para se tornar neutra em carbono em toda a sua cadeia de suprimentos e no ciclo de vida de cada produto até 2030. Na terça-feira, ela também dobrou seu compromisso financeiro com um fundo que havia estabelecido há dois anos para investir em projetos que removem carbono da atmosfera.

No passado, várias empresas de tecnologia foram acusadas de cumplicidade na morte de crianças na República Democrática do Congo forçadas a minerar cobalto, um material crítico nas baterias usadas na maioria dos eletrônicos de consumo.

A maior parte do cobalto é produzida como subproduto da mineração de cobre ou níquel, mas mineradores artesanais no sul do Congo exploram depósitos próximos à superfície que são ricos em cobalto.

Um quarto de todo o cobalto usado nos produtos da Apple veio de material reciclado em 2022, acima dos 13% do ano anterior, disse a Apple.

A empresa agora fornece mais de dois terços de todo o alumínio, quase três quartos de todas as terras raras e mais de 95% de todo o tungstênio em seus produtos a partir de material reciclado.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese