Durante uma reunião entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o administrador da NASA, Bill Nelson, o governo dos Estados Unidos ofereceu ao Brasil o uso de três novos satélites que podem fornecer informações mais detalhadas sobre o desmatamento na região amazônica.

Bill Nelson afirmou que já enviou informações dos satélites americanos para auxiliar na localização do desmatamento na Amazônia e que agora estão lançando mais três satélites com capacidade aprimorada para detectar a destruição florestal. Um dos novos equipamentos possui a habilidade de observar através das copas das árvores, enquanto o outro permite a leitura da umidade do solo.

Além de contribuir com o monitoramento ambiental, os satélites norte-americanos também possuem instrumentos capazes de identificar doenças e pragas na floresta, auxiliando na prevenção de incêndios florestais, que também são fontes de destruição.

A ministra de Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, considerou a proposta dos EUA como bem-vinda e destacou que a mesma será avaliada pelos cientistas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ela mencionou o projeto de construção do satélite CBERS-6, fruto de uma parceria com a China, que terá a capacidade de visualizar através das nuvens, facilitando o monitoramento do desmatamento. Entretanto, a previsão é que o lançamento do CBERS-6 aconteça apenas em cinco anos.

Além de beneficiar o monitoramento ambiental, o governo brasileiro também tem interesse em mostrar aos norte-americanos o potencial da indústria espacial brasileira, que possui diversas empresas capazes de fornecer equipamentos para a NASA.

Bill Nelson irá realizar visitas ao INPE e à Agência Espacial Brasileira em São Paulo e São José dos Campos nos próximos dias, fortalecendo o diálogo e a cooperação entre os dois países no campo da exploração espacial e do monitoramento ambiental.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese