No início da semana, novos vazamentos sobre o iPhone 15 repercutiram mundialmente. As informações davam conta de que o iPhone 15, previsto para ser lançado pela Apple no segundo semestre, deve ser consideravelmente maior que o iPhone 14. Essa notícia contraria as expectativas já que com as vendas em baixa do iPhone 14 a perspectiva era, de ao menos, manutenção dos preços.

Em um ranking dos dez países com maior valor do iPhone 14, o Brasil aparece em segundo lugar, seguido por Suécia, Hungria, Dinamarca, Polônia e República Tcheca. A Turquia lidera o ranking. Em média, o modelo custa R$ 8.599,00 no Brasil considerando características técnicas e variação de memória. Na Turquia, ele sai por R$ 9.544,12. O levantamento é da HelloSafe Brasil.

Os países onde o iPhone 14 é mais barato proporcionalmente são os Estados Unidos chegando a R$ 4.666,7. Em seguida estão Japão, Canadá, Hong-Kong, China e Coreia do Sul.

De acordo com dados reunidos pela consultoria, o smartphone da Apple, desde que foi lançado em 2007, já vendeu mais de US$ 1,5 trilhão. Somente no ano passado, a receita da Apple com o iPhone foi de US$ 192 bilhões. Esse montante, de acordo com o levantamento, está à frente dos faturamentos de Nike, Disney e Coca-Cola juntas. “Quando o primeiro iPhone foi colocado à venda, em junho de 2007, ele preencheu todos os requisitos que um lançamento demandava: hype, euforia e longas filas para experimentar a novidade. Nos últimos 15 anos, esse mesmo iPhone se tornou o que muitos consideram o produto de maior sucesso da história”, diz o relatório.

Para muitos, o iPhone, apesar de ter a chancela e a qualidade da Apple, tem a maioria de seus componentes fabricados na China. De fato, é de lá que sai a maior parte dos elementos, no entanto, existem vários outros países importantes para a cadeia de produção do device. A Statista mapeou as nações onde são desenvolvidos componentes estratégicos do iPhone. Os displays, por exemplo, são da Samsung e originários da Coreia do Sul. As caixas de vidro vêm da Corning, dos EUA. Os microchips são desenvolvidos pela Kioxa, no Japão, e a interface de semicondutores na Holanda. Suíça também entra na lista. Além da própria China.


Turquia
R$ 9.554,12 (33.599 TL)


Brasil
R$ 8.599,00


Suécia
R$ 6.587,84 (13 495 kr)


Hungria
R$ 6.583,51 (509 990 Ft


Dinamarca
R$ 6.500,92 (9.299 kr)


Polônia
R$ 6.497,58 (5 899 zł)


República Tcheca
R$ 6.358,48 (29 990 Kč)


Noruega
R$ 6.330,31 (kr 12 290)


México
R$ 6.235,23 ($23,999)

10º
Finlândia
R$ 6.077,75 (1 169 €)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese