No dia 25 de maio aconteceu a reunião anual da Amazon.com, cujos acionistas votam referente às resoluções propostas pelos investidores. 

O problema é que as resoluções contrariam as diretrizes da empresa, incluindo o uso de plásticos e cláusulas em contratos, por exemplo.

Antoine Argouges, presidente-executivo do fundo ativista Tulipshare, disse em comunicado que “Embora estejamos desapontados por nossa proposta não ter sido aprovada hoje, esta votação foi apenas o começo na luta pelos direitos dos trabalhadores”.

Em linhas gerais, acionistas das empresas de tecnologia pressionam por equidade salarial, cultura e segurança no local de trabalho e práticas de sustentabilidade.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese