A Beats entra para o mercado das NFTs com seus primeiros colecionáveis digitais e o objetivo de impulsionar o funk brasileiro por meio de blockchains. Este projeto colocará a marca como a primeira no mercado a criar um fundo cripto com impacto social.

A parceria com a ONG Voz das Comunidades, reforça o compromisso social da ação realizada pela Beats. De acordo com Rene Silva, fundador da ONG Voz das Comunidades, a parceria surgiu para apoiar o trabalho das comunidades do Rio de Janeiro e de instituições que estão diretamente ligadas ao funk. “O ineditismo da escolha de uma tecnologia, para gerar recursos a para as organizações que incentivam artistas e o cenário cultural dá uma dimensão da importância dessa iniciativa”, diz Rene.

Foram colocadas à venda 30 NFTs e por meio delas será possível investir no fundo de incentivo a instituições que incentivam o cenário cultural do funk brasileiro. A plataforma desenvolvida pelas startups Lumx Studios e Monnos, que utilizam tecnologias proprietárias, permite que a Beats acompanhe o engajamento, entenda os desejos de sua comunidade e identifique oportunidades para criar novas iniciativas aos clientes.

“A meta é construir a Beats como uma marca culturalmente ativa, no qual o funk é uma das plataformas. Nossa missão é usar as alavancas de inovação da marca para somar ao movimento cultural”, diz a diretora da marca Beats, Thais Soares.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese