A IDtech Minds Digital acaba de levantar R$ 1,5 milhão com a BR Angels, rodada seed que marca sua primeira captação externa. 

Criada por um grupo de ex-funcionários do BMG, a startup já praticamente nasceu com o banco como cliente – o BMG, ainda que sem vínculo societário com a startup, foi quem abriu as portas para os testes da tecnologia de biometria por voz.

O negócio começou a ser estruturado em 2017 pelo quarteto Marcelo Peixoto, Frederico de Souza, Igor Hufnagel e Daniel Ladeira. O banco mineiro demonstrou interesse na autenticação por voz para seu call center – uma forma de evitar alguns milhões de reais em fraudes em mais de 20 mil ligações diárias.

Todo o processo de MVP foi realizado junto ao banco, que passou a utilizar oficialmente a solução em 2020. 

O produto da Minds ficou disponível bem no início da pandemia, que acelerou a digitalização das empresas e também as discussões de segurança online com o crescimento de ataques cibernéticos – um acerto de timing.

Peixoto, cofundador e CEO, conta que a solução foi pensada para diferentes setores, além dos bancos. 

“Onde tem jornada de cliente e é preciso validar identidade, conseguimos entrar com autenticação de voz. Já estamos rodando e finalizando com duas grandes seguradoras e em conversas com uma grande varejista e uma grande telecom”, conta.

Ele emenda que autenticação por voz também é mais inclusiva, ao dar maior acessibilidade ao mundo digital para pessoas com capacidade visual reduzida.

Assim como na biometria digital, o programa compara a voz no momento final de autenticação com aquela que foi cadastrada previamente – nesse caso, por meio de um espectograma, a representação visual das frequências de som.

São apenas quatro segundos para o reconhecimento de voz e, em até um segundo, o sistema do cliente recebe um retorno positivo ou negativo para efetivar uma transação. Segundo Peixoto, a acurácia da inteligência artificial desenvolvida pela Minds atualmente é de 97%, mas a empresa pretende chegar aos 99% até o final do ano.

“A tecnologia de autenticação por voz pode ser utilizada em qualquer idioma, o que vai possibilitar uma expansão internacional da Minds”, diz Orlando Cintra, fundador da BR Angels, citando um dos motivos que atraiu o grupo de anjos para a IDtech. A entrada em outros países pode começar já no ano que vem.

Na empresa cliente, a cobrança leva em conta o volume de requisições de autenticação, que pode ser feita em call center, WhatsApp e outros aplicativos de celular, como bancos e plataformas de ecommerce.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese