Um funcionário de alto escalão da NASA disse à BBC que a organização espacial não apenas estabeleceu uma meta de levar os humanos de volta à Lua nos próximos anos, mas tem planos para que as pessoas vivam lá.

O comunicado marca uma meta histórica para a civilização e expressa as ousadas esperanças que a NASA tem para seu programa Artemis.

Howard Hu, que supervisiona a espaçonave Orion usada no programa Artemis, disse à BBC hoje (20) que a NASA espera ter humanos vivendo na Lua durante “esta década”, embora não esteja claro quanto tempo eles podem ficar na superfície lunar.

A missão não tripulada Artemis 1 foi lançada esta semana após meses de atrasos, em um voo de teste antes de futuras missões que levarão humanos à Lua.

Espera-se que Artemis 2 leve humanos à órbita da Lua em 2024, mas eles só devem pisar na superfície do satélite natural durante a missão Artemis 3, em 2025, embora a NASA tenha alertado que o cronograma pode ser adiado.

A NASA anunciou as missões lunares como um ponto de partida para metas mais ambiciosas, como levar tripulação a Marte.

Os humanos não pisam na Lua desde a missão Apollo 17, em 1972.

“Será realmente muito importante para nós ir um pouco além da órbita da Terra e, então, dar um grande passo quando formos para Marte”, disse Hu à BBC.

O programa Artemis, de US$ 93 bilhões, está em andamento há anos com o objetivo de estabelecer a presença de humanos na Lua antes das viagens a Marte. 

Hu disse que um dos principais objetivos será explorar o polo sul da Lua para determinar se há água por lá – o que poderia ser usado para abastecer viagens a Marte.

A cápsula Orion na missão Artemis 1 está programada para retornar à Terra em 11 de dezembro, quando cairá no oceano.

O interesse renovado em missões espaciais desencadeou o que se tornou comumente conhecido como a “corrida espacial bilionária”, já que as viagens espaciais se tornaram cada vez mais um empreendimento privado, e não governamental.

O fundador da Virgin Galactic, Richard Branson, tornou-se o primeiro bilionário a visitar o espaço, em 11 de julho do ano passado, poucos dias antes de Jeff Bezos, fundador da Amazon e da Blue Origin, que atingiu o marco em 20 de julho de 2021.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese