A OpenAI, empresa criadora do ChatGPT, anunciou nesta terça-feira (14) o lançamento da tecnologia GPT-4. Uma evolução da GPT-3.5, a ferramenta é um modelo de linguagem que permitirá o uso do imagens como input, além de respostas mais precisas. No momento, apenas usuários do ChatGPT Plus, versão paga da IA conversacional, terão acesso ao GPT-4 — e de modo limitado.

Na esteira do anúncio da OpenAI, a Microsoft confirmou que o Bing Chat, sua inteligência artificial para busca, já utiliza o GPT-4. Quando apresentou a busca por chat no Bing, a empresa fundada por Bill Gates disse apenas que a sua IA usava uma versão aprimorada do GPT-3.5 — batizada de Prometheus.

GPT-4 não é salto tecnológico, mas uma “IA humana”

Em seu comunicado, a OpenAI informa que o modelo de linguagem GPT-4 pode ser “menos capaz que um humano em diversos cenários”, mas ela exibe desempenho em nível humano em “várias tarefas profissionais e acadêmicas”.
A OpenAI usou como exemplo o desempenho da IA no exame de advogados dos Estados Unidos. Segundo a empresa, a tecnologia teve uma pontuação próxima das 10% melhores notas — ou nota superior a 90% dos outros candidatos. Em comparação, o GPT-3.5 ficou entre os 10% piores resultados.

A empresa relatou brevemente os bastidores de desenvolvimento do GPT-4. Como explicado pela OpenAI, o treino com o GPT-3.5 foi fundamental para que os testes com o GPT-4 fossem surpreendentemente estáveis. Ao conhecer os bugs na versão 3.5, a OpenAI conseguiu prever com mais facilidade o desempenho do GPT-4.

ChatGPT Plus estreará GPT-4 — cuja diferença é “sutil”

O ChatGPT Plus, versão paga da IA conversacional, estreará o uso do GPT-4 na OpenAI. O uso do novo “motor” da inteligência artificial será limitado: a demanda e desempenho do sistema será responsável por ajustar a capacidade do GPT-4. A OpenAI espera que o sistema opere de modo restrito no início.

Para driblar esse problema, a empresa estuda criar um novo plano de assinatura — caso o volume de uso do GPT-4 fique muito alto. A tecnologia será liberada na versão gratuita “em algum momento”.

E qual a diferença entre os modelos? Se você já usa o Bing Chat e “brinca” com o ChatGPT vez ou outra, pode avaliar o que muda entre as tecnologias (quase nada). A própria OpenAI diz que a diferença entre o GPT-3.5 e GPT-4 são “sutis”.

O novo modelo de linguagem, de acordo com a empresa, é superior em tarefas mais complexas — na qual o GPT-4 é “mais confiável, criativo e capaz de lidar muito melhor com instruções” que possuem detalhes que podem passar batido pelo GPT-3.5.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese