A Força Policial de Singapura apresentou recentemente dois impressionantes robôs com mais de 2 metros de altura, que agora patrulham o Aeroporto de Changi. Após mais de cinco anos de testes, essas máquinas pioneiras são apenas as primeiras de uma série de robôs que a força planeja implantar em toda a cidade-estado do Sudeste Asiático, visando fortalecer a presença de oficiais de segurança nos próximos anos.

Desde abril, esses robôs têm patrulhado o aeroporto, proporcionando uma presença policial adicional e servindo como “olhos extras no chão”. A Força Policial descreve esses robôs como a mais recente adição ao seu “arsenal tecnológico”. Durante situações de incidentes, eles são capazes de formar barreiras e alertar espectadores com luzes intermitentes, sirenes e alto-falantes, enquanto aguardam a chegada dos oficiais humanos. O público também pode se comunicar diretamente com a força ao pressionar um botão na parte frontal dos robôs.

Na sexta-feira passada (16), a Força Policial de Singapura anunciou que mais robôs seriam progressivamente implantados em toda a cidade-estado. A integração da robótica tem como objetivo aumentar a eficiência operacional e as capacidades dos oficiais de segurança, permitindo que sejam mais eficazes em suas funções, afirmou o superintendente e chefe de operações da polícia aeroportuária, Lim Ke Wei.

Cada robô possui alto-falantes integrados para transmitir mensagens de áudio, bem como um painel LCD traseiro para exibir mensagens visuais. Eles têm aproximadamente 1,7 metros de altura, mas possuem mastros extensíveis que podem alcançar até 2,3 metros. Equipados com várias câmeras que oferecem uma visão de 360 graus, esses robôs proporcionam à polícia do aeroporto uma “visão desobstruída” para um “melhor gerenciamento de incidentes”.

Esses robôs se juntam a outros robôs cívicos que já foram empregados em Singapura, como os cães-robôs usados durante a pandemia para monitorar o distanciamento social e os robôs de limpeza comuns nas estações de metrô e aeroportos do país. Essa nação, com mais de 5 milhões de habitantes, é conhecida por seu uso inovador da tecnologia robótica.

Enquanto as máquinas continuam a desempenhar um papel importante no país, as autoridades de transporte também estão otimistas de que os táxis voadores comerciais poderão se tornar uma realidade nos próximos dois anos. No entanto, mesmo em um lugar onde robôs são relativamente comuns, como em Singapura, os novos recrutas robóticos podem levar um tempo para se acostumar. Um viajante americano, Samwell Swant, ficou impressionado quando viu os robôs no Terminal 4 do aero

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese