Em uma busca por maior prosperidade em meio a uma economia incerta, o Spotify anunciou hoje (24) o reajuste dos preços de seus planos premium em várias nações, incluindo Brasil, Estados Unidos e Reino Unido. A renomada plataforma de streaming de música tem enfrentado pressões para concentrar-se na lucratividade, mesmo que isso signifique um crescimento moderado no número de usuários, uma vez que a prudência dos consumidores em tempos de incerteza econômica os leva a reduzir gastos supérfluos.

Nos Estados Unidos, os planos premium sem anúncios sofrerão um acréscimo de 1 dólar: o plano “Individual” passará a custar 10,99 dólares; o “Duo”, 14,99 dólares; o “Família”, 16,99 dólares; e o plano “Universitário”, 5,99 dólares.

Já no Brasil, o plano “Individual” terá o valor de R$ 21,90 por mês (antes R$ 19,90); o “Duo” será R$ 27,90 ao mês (antes R$ 24,90); e o plano “Universitário” estará disponível por R$ 11,90 ao mês (antes R$ 9,90). O plano “Família” permanecerá inalterado, com custo de R$ 34,90 ao mês.

Esta não é a primeira vez que o Spotify realiza esse tipo de ajuste, uma vez que em 2022 já havia aumentado os preços em 46 países. Em abril, a empresa sueca já havia sinalizado que novos reajustes ocorreriam em 2023.

Na expectativa pelos resultados do segundo trimestre, que serão divulgados na terça-feira, as ações da empresa apresentam uma queda de 4,8%, às 13h22 (horário de Brasília). No entanto, o Spotify segue firme em busca de novas notas de sucesso, buscando harmonizar seu crescimento econômico com a satisfação dos amantes da música em todo o mundo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese