A healthtech Alice demitiu 63 funcionários e se juntou a startups como Quinto Andar, Loft, Mercado Bitcoin, Kavak, Facily, Vtex, Olist e Ebanx que fizeram grandes demissões recentemente. A informação foi apurada pelo Estado de S.Paulo e confirmada pela empresa, que citou um redimensionamento da equipe de vendas.

Os vendedores desligados, segundo a startup, vão receber um salário extra, plano de saúde estendido por dois meses e as verbas rescisórias obrigatórias. Além das demissões, outros 20 profissionais foram realocados dentro da empresa.

A Alice é uma gestora de saúde que propõe uma alternativa ao convênio médico tradicional. Em dezembro do ano passado, a startup recebeu um aporte de US$ 127 milhões (cerca de R$ 679 milhões na cotação atual) em uma rodada série C realizada apenas dez meses após a série B.

Em dois anos, a startup já havia atraído mais de US$ 174 milhões (aproximadamente R$ 930 milhões) em investimentos. A empresa tem uma proposta de cuidado contínuo e baseado em dados e métricas – o histórico de saúde dos clientes, que a healthtech chama de “membros”, fica registrado no aplicativo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

Membership

An active membership is required for this action, please click on the button below to view the available plans.

pt_BRPortuguese